About

E Me Queira


Faz que me recusa
Que entro de intruso
Não te faço de mau uso
O mundo assim confuso
Vou pra baixo de sua blusa

Conhecer por dentro a musa
Em tuas deixas. Difuso
Em teus seios me abuso
Na melhor, o que concluso.
Brincar com a flor sem escusa


Tira onda e me abusa
O que mais quero, não reduzo
Com jeitinho introduzo
Pelo olhar deduzo
Inspiração nos induza

Na pior, do que me acusa?
Sim, me falta parafuso!
Em tuas curvas não me iluso
Delicio e não contuso
Se tu é forno não me exclusa

De rainha e não medusa
Teus Crespos onde me incluso
Em teu fogo tão profuso
Tão negro nada luso
Onde meu corpo cruza

Tuas mãos que me conduza
O que no andar traduzo
Por trás te seduzo
Na cadencia produzo
O gozo, negricendio que lambuza

3 Responses so far.

  1. aaaaaaaaaaaaffffffffff chapeiiiiiiii tioooo

  2. Trouxe seu livro ao Recife e recitei poemas que cairam na simpatia de todos.
    Gilson Reis

  3. Muito bom! Tinah que ser o Grande Mestre Akins Kintê!! Saudações Africanas meu irmão!! Tamu Juntos

Leave a Reply